QUALIDADE

A IPC Brasil mobiliza seus esforços para atender plenamente às necessidades de seus clientes utilizando-se de uma política de qualidade, que visa os padrões de excelência de seus produtos e de seu atendimento.

Para isso, a IPC Brasil dispõe de uma Área de Qualidade, em sua sede administrativa, que acompanha tanto o sistema de gestão da empresa, como os processos de certificação compulsória, de acordo com todas as normas brasileiras exigidas para a linha de conexões de ferro BSP.

Essas certificações são emitidas por organismos devidamente acreditados pelo Inmetro, como ABNT.

A IPC Brasil promove treinamentos periódicos, investindo na melhoria constante de seus procedimentos e na capacitação de seus colaboradores. Além do suporte técnico às revendas, empresas atacadistas e varejistas, fabricantes e importadoras, fornece todo o tipo de esclarecimento sobre seus produtos e serviços.

CATÁLOGOS

Conexões Mech

download do catálogo

IPC Brasil - Conexões BSP

download do catálogo

Válvulas Syr

download do catálogo

Ficha Técnica União Dresser

download do catálogo

NOVIDADES

Dólar atinge maior cotação em dois anos
22.05.2018 | Em Notícias

Dólar atinge maior cotação em dois anos

Momento é de colocar pedidos antes do impacto nos preços

O preço do dólar continua assustando importadores. Na última semana, por exemplo, a moeda encerrou a sexta-feira com valorização de 3,85%, cotada em R$ 3,74 - a maior desde abril de 2016.

Em 25 de janeiro a moeda fechou em R$ 3,14 e, de lá para cá, atinge quase 20% de alta. 

Apesar das intervenções do Banco Central, analistas apostam em impacto sobre preços e aconselham que revendas e consumidores antecipem suas compras, evitando a incidência de aumento de custos no produto final.

Leia mais
Com variação de 0,26%, índice da construção civil fecha abril em alta
15.05.2018 | Em Notícias

Com variação de 0,26%, índice da construção civil fecha abril em alta

Em abril, todas as regiões apresentaram índices positivos

Com o mercado voltando a aquecer, o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), fechou abril em 0,12% acima da taxa de março, ficando em 0,26%. No acumulado dos doze últimos meses, o índice ficou 3,61%, superior ao registrado no mesmo período anterior, que foi 3,49%. Calculado mensalmente pelo IBGE, os número foram divulgados na primeira quinzena de maio.

Já o custo nacional da construção, calculado por metro quadrado, fechou abril em alta, ficando em R$ 1.077,16, sendo  R$ 523,01 à mão de obra e R$ 554,15 relativos a materiais. A parcela dos materiais registrou variação de 0,14% - a menor do ano até o momento - e a de mão de obra variou em 0,37%, alta de 0,55 p.p, referente ao mês anterior, que registrou negativa de -0,22%.

No acumulado de janeiro até abril, o índice de materiais ficou em 1,68% e 0,25% para mão de obra. Já no últimos doze meses, a alta dos materiais ficou em 3,70%, a de materiais em 3,54%.

Durante o mês que passou, todas as regiões apresentaram índices positivos, com destaque para a região Sul, que registrou alta de 0,40%. Sudeste e Centro-Oeste empataram na segunda posição, com 0,31%, seguidas por Nordeste, que ficou com 0,16% e Norte, 0,07%.

O custo total por metro quadrado em cada região foram: R$ 1.123,96 (Sudeste); R$ 1.115,02 (Sul); R$ 1.090,29 (Centro-Oeste); R$ 1.069,19 (Norte) e R$ 1.069,19 (Norte). Sob impacto de reajuste previsto em convenção coletiva, Minas Gerais foi o estado que apresentou a maior variação mensal (1,44%).

Leia mais
Índice Nacional da Construção Civil varia 0,18% em dezembro e fecha 2017 em 3,82%
23.04.2018 | Em Notícias

Índice Nacional da Construção Civil varia 0,18% em dezembro e fecha 2017 em 3,82%


O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), realizado pelo IBGE, apresentou variação de 0,18% em dezembro de 2017, ficando 0,30 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa do mês anterior. O indicador acumulado no ano foi de 3,82%, abaixo dos 6,64% registrados no ano anterior.

 

Leia mais