NOVIDADES

Custos da construção civil desaceleram em Outubro

20.11.2018 | EM Notícias

 A inflação da construção civil desacelerou no mês de outubro, mas o índice acumulado em 12 meses cresceu, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O indicador teve variação de 0,43% em outubro, 0,02% inferior à alta registrada em setembro. Em outubro de 2017, a inflação foi de 0,16%

Com o resultado de outubro, a soma da inflação da construção civil em 12 meses chegou a 4,61%. No período de 12 meses que terminava em setembro, esse total era de 4,33%. O custo  da construção civil no país, por outro lado, chegou a R$ 1.108,75 por metro quadrado, em média, no mês de outubro, sendo R$ 574,70 relativos aos materiais de construção, e R$ 543,05, à mão de obra contratada. A inflação para os materiais foi de 0,69%, enquanto a da mão de obra ficou em 0,16%.

O número que acompanha os preços da construção teve sua maior variação na Região Norte, com alta 1,83. A Região Sudeste teve uma variação de 0,06% em outubro, com deflação no estado de São Paulo, onde o índice variou negativamente em 0,22%. Centro-Oeste (1,01%), Sul (0,26%) e Nordeste (0,41%) registraram uma inflação menor que o Norte e maior que o Sudeste.

A projeção, porém, é que o PIB deve crescer em 2019, segundo aponta o Banco Central. O que deve se refletir em alguns segmentos. Com o crescimento, o setor de construções deve ter alta em conjunto com a cadeia produtiva. Com o aumento das obras por todo o país, os clientes procurarão uma qualidade maior e, consequentemente, investirão mais.

Seja qual obra você for realizar, a IPC Brasil disponibiliza as melhores conexões de ferro maleável, válvulas e registros com a segurança e a qualidade que a construção civil exige. Comercializamos produtos em conformidade com as normas da ABNT e demais organismos certificadores nacionais e internacionais.